fbpx

COVID-19 em português

Leia os mais importantes anúncios do ministério da saúde e do governo dinamarquês sobre o COVID- 19 em português.

COVID-19 em português

Leia os mais importantes anúncios do ministério da saúde e do governo dinamarquês sobre o COVID- 19 em português.

RSS
ATOM


“Smitte|stop” aplicativo

Smitte|stop-app é um aplicativo que ajuda todos nós a interromper o contágio do COVID-19 na Dinamarca.

O aplicativo dá a você a possibilidade de enviar mensagens para pessoas que você esteve perto, mas que não te conhecem, como por exemplo pessoas em transporte público ou restaurantes.

Quanto mais pessoas usarem o aplicativo, maior a chance de freiar o contágio.

O aplicativo “smitte|stop” dá a você:

  • Mensagem, se você esteve perto de uma pessoa que tenha testado positivo pelo novo coronavirus. Você recebe mensagem sobre as recomendações das autoridades, para que a corrente de contaminação possa parar.
  • Possibilidade de enviar mensagem para outros, que você tenha estado perto, se você for testado positivo para o novo coronavirus. Você envia mensagem para os outros, sem que eles possam ver quem você é, onde ou quando, eles estiveram perto de você.

Sobre o aplicativo ”smitte|stop”

  • É voluntário instalar e usar o “smitte | stop”.
  • O aplicativo é seguro e protege os seus dados.
  • Dados sobre quem você esteve perto, são registrados apenas no seu telefone e nenhuma das autoridades terão acesso a essas informações.
  • O aplicativo é um suplemento digital para outras medidas tomadas pelas autoridades, que devem nos ajudar a cuidar bem de uns aos outros, enquanto a sociedade reabre.
  • O aplicativo foi criado em parceria entre o Ministério da Saúde e de idosos, Conselho de Segurança dos Pacientes, Conselho Nacional de Saúde, Conselho de Digitalização, Instituto Serum do Estado e Netcompany.
  • Você encontra o aplicativo “smitte | stop” onde você normalmente faz download de aplicativos para o seu cellular.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Novas informações sobre o guia de viagens do Ministério de Relações Exteriores sobre o COVID-19

As viagens estão abertas para uma série de países na UE/Schengen e no Reino Unido, onde o Instituto Serum do Estado avalia, que a contaminação é baixa, e onde dinamarqueses podem viajar sem restrições significativas. Para os países na UE/Schengen e no Reino Unido, que o Instituto Serum do Estado, por conta do grau de contaminação, categoriza como “países em quarentena”, o guia do Ministério de Relações Exteriores continua laranja (todas as viagens desnecessárias não são recomendáveis). O guia de viagens é também laranja para países na UE/Schengen e no Reino Unido que contém restrições significativas para viajantes da Dinamarca.

Leia mais sobre o guia de viagens do Ministério de Relações Exteriores para a UE e países Schengen aqui.

Além disso, o Ministério de Relações Exteriores abre viagens para países fora da UE/Schengen e Reino Unido, onde a UE avalia, que o nível de contaminação é abaixo ou correspondente à média da UE. Aqui aplica-se também a condição de que o país em questão não tenha restrições para a entrada de turistas ou requisitos de quarentena para viajantes vindo da Dinamarca, e de que a situação de segurança do país seja aceitável em geral.

Leia mais sobre o guia de viagens do Ministério de Relações Exteriores para países fora da UE e Schengen aqui.

Para países onde o guia de viagens é amarelo, o Ministério de Relações Exteriores pede a você que seja ainda mais cauteloso, fique atualizado sobre o guia de viagens do país e siga o Conselho especial sobre viagens em um tempo com COVID-19. Recomendamos a você que faça o download do aplicativo ”Rejseklar” e se inscreva na lista “Danskerlisten”. Assim você receberá informação, caso houverem mudanças no guia de viagens para o país, para o qual você viajará.

Você pode encontrar informação atualizada sobre cada país no site da Embaixada Dinamarquesa. Pode haver informação sobre restrição de viagens e outras medidas tomadas pelas autoridades locais para conter a propagação da infecção.

A Dinamarca não tem Embaixada em todos os países. Por isso algumas Embaixadas cobrem outros países. Você pode encontrar a Embaixada, que é relevante para você, ao escrever o nome do país aqui.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Reabertura da Dinamarca agora está na fase 3

À partir de segunda-feira, dia 8 de junho de 2020, diversas áreas da Dinamarca reabrirão. Trata-se das seguintes:

  • Casa de jogos, clube de piscinas e parques aquáticos
  • Quadras esportivas, academias e centros fitness
  • Paques temáticos ao ar livre – com restrições sobre algumas atrações
  • Atividades de verão para crianças e jovens
  • Casamentos e festas maiores – com possibilidade de concentração de até 500 pessoas dentro de algumas circunstâncias, se for em um restaurante, que sirva a comida e o local. No entanto, não é permitido alugar uma casa de festas ou similar e convidar 500 pessoas.
  • Conferências e assembléias gerais – com possibilidade de concentração de até 500 pessoas sob circunstâncias especiais
  • Superliga de futebol – com possibilidade de concentração de até 500 pessoas sob circunstâncias especiais

À partir do dia 8 de junho, o limite permitido de aglomeração de pessoas passará de 10 para 50 pessoas.

O governo tem a intenção de aumentar o limite de aglomeração de pessoas à partir do dia 8 de julho para 100 pessoas e à partir do dia 8 de agosto para 200 pessoas. Isso é apenas uma proposta e ainda não foi aprovada.

Diferenças regionais

Por causa das diferenças entre as regiões sobre o grau de contágio, haverão também diferenças com relação a reabertura no país. Por exemplo, todos os trabalhadores públicos residentes ao oeste do Grande Belt (Storebælt) agora têm a opção de comparecerem ao trabalho fisicamente. Já o setor público na Região Sjælland e capital têm a expectativa de reabrirem na segunda-feira dia 15 de junho.

Støt Mino Danmarks arbejde.


As fronteiras abrem parcialmente, mas as viagens ao exterior ainda não são recomendáveis

Resumo da coletiva de imprensa no Ministério do Estado sexta-feira dia 29 de maio de 2020

Todas as viagens ao exterior não são recomendáveis até o dia 31 de Agosto. Viagens à Noruega, Islândia e Alemanha são exceções.

À partir de 15 de Junho a Dinamarca abre as fronteiras para visitantes da Noruega, Islândia e Alemanha. Haverá no entanto uma série de restrições para turistas desses países. Entre outras, deverão no mínimo haver 6 pernoites na Dinamarca para ter permissão de entrar no país, e eles não poderão pernoitar na capital. Além do mais, serão feitos testes para o corona nas fronteiras.

Até então a fronteira continuará fechada para visitantes da Suécia. Isso se justifica pelo modo pelo qual a nação vizinha lidou com a situação do corona.

Depois das férias de verão, iremos decidir sobre a abertura das fronteiras para outros países da zona-Schengen.

O comportamento de todos é essensial para definir como a reabertura da sociedade acontecerá. Isso vale claramente também em relação a como nós nos comportaremos se viajarmos durante o verão.

Se a pessoa viaja para outros países, correrá o risco de se contaminar e trazer a contaminação para casa. Por isso recomendamos que se evite viajar para cidades grandes. Também é recomendável que, como viajante, a pessoa se oriente sobre as regras locais no país de destinação.

As autoridades da Saúde também recomendam fortemente que a pessoa entre em 14 dias de quarentena depois de ter visitado países no exteior, mesmo de que se trate de uma rápida viagem para a Suécia.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Agora você mesmo pode agendar um teste de corona – mesmo que você não tenha sintomas

Agora não é necessário que haja um encaminhamento do seu próprio médico para marcar um horário para fazer teste de corona vírus. À partir dessa semana todos os cidadãos adultos na Dinamarca poderão agendar um horário no site www.coronaprover.dk. A pessoa precisa apenas fazer o login com o seu Nem-ID.

Informa o Ministério da Saúde e de Idosos em um comunicado de imprensa.

Todos poderão agendar um horário para fazer o teste, independente de terem sintomas ou não. Quando a pessoa tiver um horário, o teste será feito em uma das tendas brancas, que foram colocadas no país todo para esse objetivo.

O Ministério da Saúde reitera no entanto, que se o teste der negativo, isso não significa que a pessoa possa parar de seguir as regras vigentes de distanciamento e higiene. O teste não é 100% confiável e podem haver casos onde o vírus não seja detectado pelo teste, mesmo que a pessoa esteja infectada.

Veja mais no https://www.dr.dk/nyheder/indland/nu-kan-alle-danskere-blive-coronatestet

Støt Mino Danmarks arbejde.


Governo apresenta uma nova tática ofensiva de testes e rastreamento de contaminação

Resumo da coletiva de imprensa no Ministério do Estado dia 12 de maio de 2020

A Dinamarca nos últimos tempos aumentou massivamente os testes para o COVID-19 e é agora uma das nações no mundo que mais testam pessoas baseado no número de habitantes. Mas nós devemos melhorar ainda mais. Pois se a contaminação se espalhar de novo, devemos detectá-la a tempo, e por isso é preciso ter um rastreamento efetivo.

É preciso isolar os doentes, para que nós interrompamos a cadeia de contaminação sem precisar fechar a sociedade de novo. Ao mesmo tempo que é preciso assegurar, que os idosos e vulneráveis também possam ter mais liberdade e o dia-a-dia normal de volta, para que seja possível visitar seus filhos e netos de novo.

A nova estratégia para um rastreamento efetivo involve: quando uma pessoa é constatada com o vírus, as autoridades irão rastrear com quem a pessoa contaminada

teve contato. Essas pessoas poderão ser testadas e isoladas rapidamente, antes da contaminação se espalhar ainda mais. O governo fará uma hotline, que deve ajudar os contaminados a rastrearem seus contatos, e assegurar que a cadeia de contágio se interrompa.

Além disso o governo, junto com os municípios do país, disponibilizará instalações de isolamento para cidadãos que não tenham a possibilidade de se isolarem em suas próprias casas.

Støt Mino Danmarks arbejde.


O Ministério da Segurança adverte contra máscaras feitas em casa

Uma boa parte das pessoas privatas começaram a costurar ou tricotar máscaras. Mas máscaras tricotadas e costuradas em casa dão uma falsa sensação de segurança, adverte o Ministério da Segurança.

A falsa segurança pode se dar, porque a pessoa acredita que está protegida, e por isso fica menos atenta a higiene das mãos e em manter a distância. Mas máscaras feitas em casa não necessariamente progetem contra doenças como o COVID-19, porque as partículas de vírus podem atravessar o tecido.

Equipamentos de proteção como máscaras devem seguir uma longa lista de requerimentos técnicos para oferecer proteção contra doença. Como usuário você pode ficar atento, se a máscara tem um selo visível com a marca “CE”, que é a marca usada para equipamentos de proteção pessoal.

A venda de máscaras feitas em casa que não seguem os requerimentos é ilegal.

O Ministério da Segurança mantém que, as pessoas devem seguir as recomendações do Ministério da Saúde sobre distância e higiene das mãos como prevenção principal contra o COVID-19.

Veja mais no:
https://www.sik.dk/erhverv/produkter/personlige-vaernemidler/vejledninger-forbindelse-corona-covid-19/hjemmestrikkede-masker-giver-formentlig-ikke-beskyttelse#

E no:
https://www.dr.dk/nyheder/indland/styrelse-hjemmestrikkede-og-hjemmesyede-masker-giver-falsk-beskyttelse

Støt Mino Danmarks arbejde.


A segunda fase de reabertura começa agora

Resumo da coletiva de imprensa no dia 7 de maio com a Primeira ministra Mette Frederiksen

A população dinamarquesa seguiu as orientações das autoridades sobre distância, higiene, etc. Por isso agora é possível continuar a abertura gradativa da Dinamarca. As regras das autoridades da Saúde sobre distância física e boa higiene ainda valem, e é imprescindível para o sucesso da reabertura, que as regras continuem sendo cumpridas.

Além das regras já conhecidas, a reabertura conta com uma tática de testes mais ofensiva. Há agora um foco nos testes mesmo em pessoas com sintomas leves, rastreamento de contaminação e isolação de contaminados. Além disso, serão implementados testes representativos da população, onde uma parcela da população será chamada para fazer testes, independente se houver indicação de sintomas ou não.

A fase 2 de reabertura inclui, entre outros:

· Abertura total do varejo, incluindo, entre outros, shopping centers (à partir do dia 11 de maio)

· Restaurantes, cafés e similares podem servir de acordo com diretrizes especiais sobre distância física etc. (à partir do dia 18 de maio)

· Alunos da 6. à 10. classe podem ir na escola de novo (à partir do dia 18 de maio)

· Mais empresas privadas poderão abrir o espaço físico para seus funcionários

· Esportes profissionais devem ser praticados sem espectadores

· Bibliotecas abrem para o empréstimo de livros (à partir do dia 18 de maio)

· Associações e esportes ao ar livre poderão ser retomados, se puderem ser realizados de maneira responsável em termos de saúde.

· Igrejas e comunidades podem abrir de maneira responsável em termos de saúde (à partir do dia 18 de maio)

Ainda não foi decidido sobre quando o controle temporário das fronteiras cessará. O governo anunciará sobre o assunto até o dia 1 de junho de 2020.

Se a reabertura causar um aumento da epidemia de corona, diminuiremos então o ritmo da reabertura. O setor da saúde deve ter capacidade de acompanhar e nós devemos cuidar uns dos outros nos próximos meses.

Leia mais no https://www.regeringen.dk/nyheder/2020/pressemoede-om-genaabning-af-danmark-fase-2/

Støt Mino Danmarks arbejde.


Ministério da saúde muda a definição de grupos de risco

Depois de ter operado com uma definição de grupos de risco de COVID-19 mais abrangente, o Ministério da saúde especifica agora, quais grupos estão em risco de desenvolverem uma doença grave com a contaminação do coronavírus. 

Agora são 7 grupos de risco:

1.Pessoas com idade avançada –dependendo da condição de saúde em geral

A experiência com o vírus mostra até então, que pessoas maiores de 70, e especialmente com mais de 80 anos, tem um risco maior de ficarem gravemente doentes. Pessoas com 65 anos e mais novas são vulneráveis, apenas se tiverem uma ou mais doenças crônicas.

Idosos com mais de 65 anos não são considerados automaticamente como em risco sério, se tiverem uma boa saúde e fizerem atividades físicas. Significa também, que avós saudáveis poderão ver – e abraçar – seus netos saudáveis novamente. 

2.Moradores em asilo

Moradores em asilos são frequentemente mais idosos, com doenças crônicas e com funções- e níveis de atividade limitada. Todos esses fatores contribuem para o aumento de risco.

3.Pessoas com obesidade

A obesidade frequentemente é acompanhada de outras doenças crônicas como diabetes ou problemas cardiovasculares. Em especial pessoas com um IMC maior que 35, ou um IMC maior que 30 combinado com uma doença crônica, correm o risco de terem um quadro sério sob o contágio por COVID-19.

4.Pessoas com essas doenças crônicas

Nem todas as doenças crônicas significam que a pessoa está em sério grupo de risco, especialmente se a doença estiver bem tratada. Você pode achar uma lista com doenças, que dão um risco maior de um quadro grave com o COVID-19, aqui:

https://www.sst.dk/da/Udgivelser/2020/Personer-med-oeget-risiko-ved-COVID-19

5.Essas crianças com doenças crônicas

Essas crianças com doença crônica podem correr um maior risco com o COVID-19. Se tratam de crianças, que a priori – independente da pandemia – exigem medidas especiais na escola ou em seu cuidado. Essas crianças e suas famílias receberão orientação individual em seus locais de tratamento de costume. 

6.Pessoas sem moradia fixa

Pessoas sem moradia fixa muitas vezes têm poucos recursos para manter uma boa higiene ou para manter distância física dos outros. Isso leva a um aumento do risco de contaminação. Além disso, muitos sem moradia fixa também sofrem com doenças crônicas. Essa combinação faz com que, elas sejam pré-dispostas a ficarem gravemente doentes.

7.Grávidas

Isso é ainda sob o princípio de precaução, por grávidas serem em geral mais expostas a infecções. Não é comprovado, que grávidas ou bebês pré-parto corram um risco de um quadro mais sério de doença do que a população em geral. No entanto, parece que grávidas no terceiro semestre que são admitidas com o COVID-19, acabam por parir através de cesária antes da data prevista. À partir daí seguem riscos usuais para a mãe e o bebê. 

https://www.sst.dk/da/corona/Saerlige-risikogrupper

Støt Mino Danmarks arbejde.


Agora grupos de risco específicos poderão tomar vacina pneumocócica

Pessoas, que correm alto risco em ficar gravemente doente pela contaminação de COVID-19, agora poderão recorrer ao seus médicos e pedir uma vacinação pneumocócica grátis.

Essa vacinação é oferecida em especial a grupos vulneráveis para diminuir o risco de, desenvolverem uma infecção séria ao mesmo tempo que, também correm o risco de contraírem COVID-19.

A vacina que está sendo oferecida em especial à grupos de risco não é contra o COVID-19. É uma vacina contra uma bactéria, a bactéria pneumococo, que nos piores casos pode levar à infecção sanguínea e pneumonia.

Algumas pessoas correm mais risco do que outras, ou por causa da idade ou porque têm outras doenças. Por isso inicialmente serão pessoas, que moram em asilos, que são maiores de 65 anos com doença crônica e pessoas mais novas que 65 anos que correm maior risco de ficarem doentes, que deverão ser vacinadas.

Para descobrir se você faz parte do grupo de risco e portanto deverá ser vacinado, leia aqui: https://www.sst.dk/da/Viden/Vaccination/

Você pode ler mais sobre a vacinação aqui: https://www.sst.dk/da

Støt Mino Danmarks arbejde.


Resumo da coletiva de imprensa com o ministro e autoridades da Saúde, dia 20 de abril de 2020

Nós estamos na primeira fase de reabertura da nossa sociedade. Isso só é possível porque, nós na Dinamarca obtivemos controle sobre a epidemia. A reabertura significa, que mais pessoas estarão em contato entre si. Por isso haverá nesse período mais testes, ao mesmo tempo que nós ainda devemos seguir, as regras de conduta que conhecemos, que envolvem lavar as mãos, tossir e espirrar no braço, limitar o contato físico, ficar em casa em casos de doença e ficar atento em locais onde há um maior número de pessoas em trânsito.

Nós trabalhamos duro para aumentar a capacidade de teste, e agora podemos colocá-la em prática. Isso significa que, TODOS, que têm sintômas devem ser testados. Significa de maneira mais concreta, que se você tiver um ou mais dos seguintes sintomas: tosse seca, febre ou falta de ar, você poderá ser testado por coronavírus. Você deve ligar para seu médico, ou se for fora do horário de atendimento, ligue para o médico de plantão. Então você terá uma visita para fazer o teste o mais rápido possível. É a maneira mais efetiva, que podemos interromper a corrente de contágio do coronavírus. 

Tem ocorrido uma certa preocupação de que, poucas pessoas estão entrando em contato com seus médicos gerais. Nós pedimos que as pessoas entrem em contato com seus médicos, se eles estão se sentindo mal ou com algum sinal de doença, independente de que seja relacionado ao corona ou não.

Informação geral sobre os testes 

A pessoa faz o teste, onde é colocado um cotonete dentro da boca ou nariz. Se a pessoa em questão estiver internada no hospital, e esse teste não possa ser feito, então tira-se uma amostra através de um tubo colocado no nariz. O teste depende de diferentes fatores, e pode ser necessário fazer testes várias vezes.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Resumo da coletiva de imprensa no ministério do Estado dia 14 de abril

É agora o momento de se alegrar com o desenvolvimento do coronavírus na Dinamarca. Os números continuam indo na direção certa e melhor do que esperado. Por isso podemos abrir um pouco mais do que o esperado. Faremos negociações com os outros partidos sobre, o que mais poderemos abrir, por ex. quais locais de trabalho, que devem abrir.

O número de interna­ções e internados na UTI com coronavírus caiu. Manter a distância funcionou e por isso devemos continuar mantendo-a. Foi extremamente difícil para todos nós que a Dinamarca esteve tão fechada, mas muitos outros países estão em uma situação mais grave do que a Dinamarca.

O status é, agora temos 380 pessoas internadas com coronavírus, 93 na UTI e 299 mortes. Na Dinamarca o coronavírus está sob controle nesse momento e o setor da saúde pode atender a demanda.

  • O setor da saúde está se preparando agora para abrir mais atendimento, para que os clínicos gerais possam atender pacientes e os hospitais possam começar a marcar operações. Pacientes com maior necessidade terão prioridade. Todos devem lembrar e ir ao médico em caso de doença ou sintoma de doença e que tenha uma necessidade de investigação.
  • Todos os municípios estão se preparando para abrir as creches públicas, cuidadores domicilares e escolas novamente em resposta às recomendações das autoridades da Saúde. O dia-a-dia será diferente para as crianças, porque haverá maior distância entre elas, mais tempo nas áreas externas e elas irão brincar em grupos menores.
  • 67 municípios abrirão primeiro as creches, cuidadores e jardins de infância amanhã, quarta-feira dia 15 de abril e 48 municípios abrirão as escolas de 0 à 5 classe amanhã. Todas as outras instituições diúrnas e escolas vão abrir no dia 20 de abril.

Nós devemos continuar sendo bons em manter a distância entre nós e cuidar dos idosos e vulneráveis na sociedade. Nós devemos todos participar e garantir, que o contágio não se espalhe muito e rapidamente.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Resumo da coletiva de imprensa no ministério do Estado dia 6 de abril

O desenvolvimento é estável e os números estão indo na direção certa: 503 internados, 139 na UTI e infelizmente 187 mortes.

A primeira ministra aponta logo em seguida, que o vírus nos atinge primeiro com três-quatro semanas de atraso, e que é portanto preocupante, que alguns comecem a relaxar, por ex. planejando almoços de páscoa.

Com esse pano de fundo a primeira ministra apresenta o primeiro plano para a reabertura da Dinamarca. Todos os pontos do plano partem do princício de que, todos tomarão responsabilidade e continuarão seguindo as ordens das autoridades: de lavar as mãos, manter a distância e não se encontrar com muitos.

1ª fase de abertura contém o seguinte:

  • O setor da saúde irá novamente abrir para outras atividades que não sejam relacionadas ao corona.
  • Creches, jardim de infância, clubes e escolas da 0 à 5ª série serão reabertas
    • Nessas instituições serão tomadas mais, novas regras de saúde.

A abertura acontecerá, quando essas regras estiverem decididas.

  • Funcionários privados, que são responsáveis pela saúde, devem nesse sentido começar a trabalhar novamente.

A primeira ministra enfatiza, tudo isso depende de que, o desenvolvimento continue sendo estável – e que nós todos assumanos a responsabilidade, para que isso aconteça com o seguimento das regras.

Além do mais outras medidas devem ser prolongadas até o dia 10 de maio, no que se refere, entre outras:

  • Fechamento das fronteiras.
  • Proibição de aglomerações com mais de 10 pessoas.
  • As regras mais rígidas.
  • O fechamento dos cursos superiores, de bibliotecas, cinemas, shopping centers e cafés.
  • Pequenos autônomos liberais como cabelereiros, tatuadores e similares devem continuar fechados.

A primeira ministra pede que todos tenham paciência e compreensão. Nada é como antes – e o dia-a-dia não voltará ao normal em nossa sociedade por muitos meses ainda.

Além disso ela comunicou uma série de relações específicas:

  • Os alunos da 6ª à 7ª série devem continuar a ir nas escolas, mas os exames serão cancelados e substituídos pela nota anual.
  • Alunos que, estão a concluir sua formação de jovens, devem ter acesso aos exames de uma maneira diferente e limitada.
  • Festivais, mercados, e outros grandes eventos não poderão ser realizados até o verão: a proibição de grandes aglomerações continuará valendo até agosto.

O governo e os partidos do parlamento irão estudar, se os pacotes de ajuda podem ser melhorados.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Resumo da coletiva de imprensa no ministério do Estado dia 30 de março de 2020

A primeira ministra Mette Frederiksen assegura, que as iniciativas na Dinamarca funcionam. Ela aponta, que o desenvolvimento está indo na direção certa. E anuncia, que a Dinamarca devagar e gradativamente pode começar a re-abrir depois da páscoa. Isso implica no entanto, que o desenvolvimento continue da mesma forma como agora –  e portanto NÃO deve ser visto como uma oportunidade para começar a relaxar sobre os requisitos. É justamente agora, que a gente deve permanecer, manter distância e assegurar, que nós sigamos às recomendações das autoridades. Este é um pré-requisito para a reabertura da Dinamarca depois da páscoa. Caso contrário pode ser que medidas ainda mais extremas sejam tomadas.

A epidemia ainda não chegou ao seu auge; nós antecipamos que muitos ainda ficarão doentes, internados e haverá muitas mortes. Mesmo que pareça um paradoxo a re-abertura da Dinamarca, enquanto pessoas morrem, trata-se de que, a doença deve e está sob controle. O ministério da saúde irá portanto nas próximas semanas discutir a reabertura da Dinamarca com mais detalhes com os presidentes dos partidos parlamentares – e ao final da semana será apresentado um plano para isso.

O ministério do estado envia além disso uma mensagem, especialmente para os mais velhos e vulneráveis, que como ela diz devem continuar moldando suas vidas em função do risco de contaminação. É bábaro, e paradoxal que os mais frágeis devem ser os mais fortes nesses tempos. No entanto há esperança no futuro, ela assegura. Ao que parece agora, conseguimos achatar a curva – a situação continua sendo séria, e agora devem serem feitos testes de maneira mais massiva. Mesmo que o contágio agora esteja controlado, ainda estamos numa epidemia.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Solicitação do conselho nacional da saúde: proteja a si mesmo e aos outros contra o corona vírus

Isso você deve saber sobre o corona:

Nós estamos agora no meio de uma grave epidemia. Por isso é importante minimizar o risco de contaminação. O ministério da saúde pede portanto que todos sigam esses conselhos.

Se você estiver saudável:

  • Evite o contato desnecessário, e peça que outros mostrem consideração.
  • Se você esteve perto de alguém, que tenha mostrado sintomas de corona vírus, então fique ainda mais atento caso você apresente os sintomas.
  • Cuide dos seus entes queridos, e se eles forem particularmente vulneráreis, então faça-o à distãncia.

Se você tiver sinais de doença:

  • Fique em casa, até dois dias depois de que você tenha parado de ter sintomas.
  • Mantenha distância entre os outros em casa, e fique o máximo possível embaixo das cobertas.
  • Seja cuidadoso com a higiene pessoal e limpeza da casa.
  • Peça ajuda à outros para fazer compras, e matenha contato via telefone.
  • Se você experenciar uma piora dos sintomas, pode ser febre alta ou problemas com respiração, então ligue para o médico.

Cuide de você para cuidar dos outros.

sst.dk/corona

coronasmitte.dk

Støt Mino Danmarks arbejde.


Governo prolonga o fechamento do país até dia 13 de abril de 2020

Coletiva de imprensa no ministério do Estado dia 23/03/2020 às 15h

A primeira ministra Mette Frederiksen prolonga as medidas contra o corona e outras iniciativas nesse sentido até a data de 13 de abril de 2020

254 estão internados com corona vírus, 55 na UTI e 24 pessoas morreram.

O governo permanece com todas as medidas e iniciativas que foram tomadas. A tarefa principal é, diminuir que muitos fiquem gravemente doentes ao mesmo tempo. Portanto o governo prolongará o fechamento do país até o dia 13 de abril de 2020.

A primeira ministra Mette Frederiksen enfatiza que é importante que todos sigam as ordens e mantenham distância, mesmo que isso possa ser difícil durante a páscoa. O pedido é de que não façam viagens, mesmo que sejam dentro da Dinamarca.

Famílias vulneráveis devem fazer o uso de cuidadores para grupos com necessidade, porque há uma boa capacidade para tomar conta dessas crianças e jovens. Também foram providenciados alojamentos, para que moradores de rua possam ficar em quarentena, caso eles forem contaminados.

O ministério da saúde diz que trabalha pesado para construir e melhorar a capacidade de tratamento. A Coréia do Sul foi contactada com solicitamento para compra de kits contendo testes.

Mais para o fim da coletiva o ministério da saúde apontou que eles querem aceitar todo tipo de ajuda. Se quiserem ajudar, então pede-se que entrem em contato através do coronasmitte.dk. Ali poderá ser encontrado um link para “Dinamarca ajuda a Dinamarca” onde você pode se manifestar e rapidamente receber uma avaliação da sua oferta de ajuda.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Grávidas com sintomas de corona vírus devem ser testadas antes do parto

O conselho da saúde veio na quinta-feira dia 19 de março com novas linhas de regras sobre como deve ser lidado o COVID-19 em casos de grávidas doentes e mulheres em trabalho de parto, seus companheiros e os bebês recém nascidos.

Quando houver visitas no hospital após o parto, eles deverão fazer teste de corona vírus.

Mostra o teste, que a grávida está infectada, deverão ser tomadas precauções especiais, onde os funcionários deverão usar máscaras e outros equipamentos. A grávida também deverá usar máscara.

Se houver suspeita de que, a parturiente esteja contaminada pelo vírus, ela será por uma questão de precaução tratada como se estivesse contaminada, até que ela tenha o resultato do teste.

O mesmo vale:

Um companheiro infectado não poderá acompanhar o parto. Isso vale também quando há apenas suspeita de contaminação. Além disso um companheiro infectado deverá ficar longe do bebê até que ele não apresente sintomas por mais de dois dias.

Vários hospitais pedem também que apenas o parceiro acompanhe o parto, para diminuir o risco de contaminação.

Mesmo que a mãe esteja contaminada pelo covid-19, ela não será separada do bebê, a não ser que a mãe esteja em um quadro crítico que precise de tratamento.

Se a mãe for testada positiva, mas não precise de tratamento, então a recomendação é, que ela tenha alta do hospital e vá para casa, o mais rápido possível. Ela receberá orientação para observar a saúde do bebê.

Mães infectadas também devem amamentar, mas recomenda-se que se lavem os peitos com água e sabão antes da amamentação, e que usem máscara. Além disso lavar as mãos regularmente e usar álcool gel.

Scannings importantes continuarão sendo feitos, incluindo o de translucência nucal e similares.

Deve se esperar que os preparativos para o nascimento podem vir a ser cancelados e que consultas com obstetrícias serão feitas por telefone. No entanto as mais importantes visitas com a obstetrícia e scannings serão realizados, como de costume, esperançosamente apenas com a mãe, por causo do risco de contágio.

Hospitais lidarão com os partos, como de costume, e vale reforçar que não é preciso ficar nervoso por medo de não poder entrar e realizar o parto. Isso será logicamente permitido.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Solicitação para todos os cidadãos do Instituto Serum do Estado

O Instituto Serum do Estado pede que todos os cidadãos se inscrevam no influmeter, no combate contra o Corona vírus.

Influmeter se constrói através do seu esforço voluntário como cidadão, que independentemente se você tenha entrado em contato com médicos ou recebido tratamento, relata semanalmente se você teve sintomas. Assim você contribui para o conhecimento sobre o contágio na sociedade.

Todos que moran na Dinamarca podem se inscrever no Influmeter – crianças, jovens, adultos, saudáveis ou doentes. Você pode se inscrever como indivíduo ou como membro domiciliar. Mesmo que você ou outros já tenham ficado doentes ou acabaram de se adoecer. Todos participantes contribuem com informacões igualmente úteis, tanto os doentes, aqueles que foram, e aqueles que talvez venham a ficar doentes. Então não fique de fora mesmo que você não ache, que você vá ficar doente ou já esteve anteriormente.

O departamento de epidemologia e infecção, do Instituto Serum do Estado, vigia e previne doenças contagiosas na Dinamarca e dirige o Influmeter, como uma parte do monitoramento geral de doenças em conexão com gripe (influenza), resfriados, e sintomas de COVID-19.

Vá para o influmeter no: www.influmeter.dk

Støt Mino Danmarks arbejde.


Resumo da coletiva de imprensa no ministério do Estado dia 17 de marco de 2020

Participantes: Primeira ministra Mette Frederiksen, ministro da saúde Magnus Heunicke, diretor do conselho da saúde Søren Brostrøm, um representante do ministério de relações exteriores e chefe da polícia federal Torkild Fodge.

A primeira ministra começa reforçando a gravidade da situação: 82 agora estão internados, dos quais 18 estão na UTI, este último é quase o dobro de casos de um dia para o outro. É por isso que é decisivo, que nós interrompamos a corrente de contágio. Novas iniciativas serão apresentatos portanto, que valerão à partir de amanhã dia 18/3 às 10 horas até o dia 30 de março:

  • Não será permitido aglomerações com mais de 10 pessoas, tanto em lugares fechados quanto abertos, para eventos públicos. Pedimos que também não se reunam mais de 10 pessoas em ambientes privados.
  • Lojas terão exigências mais rigorosas: deve haver espaço suficiente ente as pessoas, bom distanciamento, clientes devem poder lavar as mãos – e isso vale tanto em locais internos quanto externos
  • Todas as atividades esportivas em áreas externas e instalações esportivas devem fechar, ex centros fitness, de bronzeamento, cabelereiros, massagistas, tatuadoes: em geral firmas que tenham contato próximo. Não se aplica, se for um tratamento de saúde.
  • Casas noturnas, cafés de narguile, bares, etc devem ser fechados.
  • Todos centros grandes, galerias, lugares cobertos devem fechar – exceto os supermercados dos centros.
  • Todos restaurantes, cafés, etc devem fechar – mas take away continua sendo permitido
  • Todos dinamarqueses que venham para casa do exterior, devem cancelar sua inscrição na danskerlisten, se estiverem nela, e entrar voluntariamente em quarentena por 14 dias.

Além disso reforçaram também Heunicke, Brorstrøm e Fogde a gravidade da situação. E é agora, que nós devemos agir, se quisermos diminuir as consequências. Ninguém pode se retirar da responsabilidade de seguir as recomendações do ministério da saúde, enfatizou a primeira ministra, especialmente se referindo aos mais jovens.

Como princípio recomendou a primeira ministra, que se a pessoa estiver em dúvida se algo seja responsável em termos de saúde, por ex. almoçar com amigos, então é melhor deixar de fazê-lo.

A primeira ministra agradeceu novamente a todos, que são parte e estão à disposição da sociedade.

Adicionalmente anunciou a primeira ministra novos pacotes de ajuda, tanto para recebidores de salário, autônomos e firmas, que devem entrar em negociações já à partir de amanhã com os partidos do parlamento.

A polícia estará mais presente que o normal para aconselhar e guiar os cidadãos. O ministério das relacões exteriores avalia, que alguns dinamarqueses irão ficar ilhados no exterior; mas pede que, todos encontrem um bom lugar para ficar. A Dinamarca irá em seguida buscá-los de volta pra casa o mais rápido possível.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Resumo da coletiva de imprensa no ministério do Estado dia 13 de março às 19h

Participantes: Primeira ministra Mette Frederiksen, ministro das relações exteriores Jeppe Kofoed, ministro da justiça Nick Høkkerup e chefe da polícia federal Torkild Fogde.

O governo começou dando um status do corona-vírus na Dinamarca:

802 estão contaminados, 23 internados e 2 em estado crítico.

Logo após Mette Frederiksen apresentou as novas medidas contra o contágio do corona na Dinamarca.

A primeira é, os hospitais interrompem agora todos os tratamentos desnecessários. O que significa por exemplo, que operações e consultas de rotina, que não são casos de vida ou morte, serão adiados.

A outra é, o ministério das relações exteriores não recomenda viagens ao exterior que forem desnecessárias e recomenda que todos os dinamarqueses, que se encontrem no exterior, voltem para casa; significa que, não viage para fora da Dinamarca, se puder absolutamente ser evitado, e se você estiver fora viajando, volte para casa o mais rápido possível.

A terceira – até agora a mais abrangente – é, que a Dinamarca à partir de amanhã, dia 14, às 12h, fechará suas fronteiras até o dia 14 de abril. Não será portanto possível que estrangeiros entrem na Dinamarca, nem por via aviária, naval, trêns, ônibus ou carro à não ser que, a entrada tenha uma finalidade de valor reconhecível. O que significa por exemplo, que eles morem ou trabalhem, devem visitar parentes em estado crítico de doença ou tenham direito de estar junto aos filhos na Dinamarca. As fronteiras serão levantadas pela polícia com ajuda da defesa civil. O governo reenforça no entanto, que produtos, especialmente de alimentação, continuarão podendo cruzar a fronteira sem impedimento, e que portanto não haverá falta de produtos alimentícios. Além disso claro que cidadãos dinamarqueses sempre poderão continuar a voltar para a Dinamarca.

Støt Mino Danmarks arbejde.


Samarbejdspartnere til Mino Danmarks indsats med oversættelse af myndighedernes udmeldinger om covid-19 i Danmark:

Støt minoriteten

Vær med til at skabe flere handlemuligheder for
minoritetsetniske danskere. Tak fordi du vil være med!



Hvert eneste medlemskab og donation styrker Mino Danmarks legitimitet og eksistensberettigelse.

Det gør en forskel og styrker foreningens muligheder for at lykkes med at skabe et lige samfund, uanset etnisk baggrund.

Hvert eneste medlemskab og donation styrker Mino Danmarks legitimitet og eksistensberettigelse.

Det gør en forskel og styrker foreningens muligheder for at lykkes med at skabe et lige samfund, uanset etnisk baggrund.