fbpx

Ministério da saúde muda a definição de grupos de risco

Ministério da saúde muda a definição de  grupos de risco

06/05/2020 / /

Depois de ter operado com uma definição de grupos de risco de COVID-19 mais abrangente, o Ministério da saúde especifica agora, quais grupos estão em risco de desenvolverem uma doença grave com a contaminação do coronavírus. 

Agora são 7 grupos de risco:

1.Pessoas com idade avançada –dependendo da condição de saúde em geral

A experiência com o vírus mostra até então, que pessoas maiores de 70, e especialmente com mais de 80 anos, tem um risco maior de ficarem gravemente doentes. Pessoas com 65 anos e mais novas são vulneráveis, apenas se tiverem uma ou mais doenças crônicas.

Idosos com mais de 65 anos não são considerados automaticamente como em risco sério, se tiverem uma boa saúde e fizerem atividades físicas. Significa também, que avós saudáveis poderão ver – e abraçar – seus netos saudáveis novamente. 

2.Moradores em asilo

Moradores em asilos são frequentemente mais idosos, com doenças crônicas e com funções- e níveis de atividade limitada. Todos esses fatores contribuem para o aumento de risco.

3.Pessoas com obesidade

A obesidade frequentemente é acompanhada de outras doenças crônicas como diabetes ou problemas cardiovasculares. Em especial pessoas com um IMC maior que 35, ou um IMC maior que 30 combinado com uma doença crônica, correm o risco de terem um quadro sério sob o contágio por COVID-19.

4.Pessoas com essas doenças crônicas

Nem todas as doenças crônicas significam que a pessoa está em sério grupo de risco, especialmente se a doença estiver bem tratada. Você pode achar uma lista com doenças, que dão um risco maior de um quadro grave com o COVID-19, aqui:

https://www.sst.dk/da/Udgivelser/2020/Personer-med-oeget-risiko-ved-COVID-19

5.Essas crianças com doenças crônicas

Essas crianças com doença crônica podem correr um maior risco com o COVID-19. Se tratam de crianças, que a priori – independente da pandemia – exigem medidas especiais na escola ou em seu cuidado. Essas crianças e suas famílias receberão orientação individual em seus locais de tratamento de costume. 

6.Pessoas sem moradia fixa

Pessoas sem moradia fixa muitas vezes têm poucos recursos para manter uma boa higiene ou para manter distância física dos outros. Isso leva a um aumento do risco de contaminação. Além disso, muitos sem moradia fixa também sofrem com doenças crônicas. Essa combinação faz com que, elas sejam pré-dispostas a ficarem gravemente doentes.

7.Grávidas

Isso é ainda sob o princípio de precaução, por grávidas serem em geral mais expostas a infecções. Não é comprovado, que grávidas ou bebês pré-parto corram um risco de um quadro mais sério de doença do que a população em geral. No entanto, parece que grávidas no terceiro semestre que são admitidas com o COVID-19, acabam por parir através de cesária antes da data prevista. À partir daí seguem riscos usuais para a mãe e o bebê. 

https://www.sst.dk/da/corona/Saerlige-risikogrupper

Relaterede nyheder

“Smitte|stop” aplicativo

10/07/2020
Smitte|stop-app é um aplicativo que ajuda todos nós a interromper o contágio do COVID-19 na Dinamarca. O aplicativo dá a […] Læs mere… Læs mere…

Novas informações sobre o guia de viagens do Ministério de Relações Exteriores sobre o COVID-19

08/07/2020
As viagens estão abertas para uma série de países na UE/Schengen e no Reino Unido, onde o Instituto Serum do […] Læs mere… Læs mere…

Reabertura da Dinamarca agora está na fase 3

08/06/2020
À partir de segunda-feira, dia 8 de junho de 2020, diversas áreas da Dinamarca reabrirão. Trata-se das seguintes: Casa de […] Læs mere… Læs mere…

As fronteiras abrem parcialmente, mas as viagens ao exterior ainda não são recomendáveis

29/05/2020
Resumo da coletiva de imprensa no Ministério do Estado sexta-feira dia 29 de maio de 2020 Todas as viagens ao […] Læs mere… Læs mere…

Agora você mesmo pode agendar um teste de corona – mesmo que você não tenha sintomas

19/05/2020
Agora não é necessário que haja um encaminhamento do seu próprio médico para marcar um horário para fazer teste de […] Læs mere… Læs mere…

Governo apresenta uma nova tática ofensiva de testes e rastreamento de contaminação

13/05/2020
Resumo da coletiva de imprensa no Ministério do Estado dia 12 de maio de 2020 A Dinamarca nos últimos tempos […] Læs mere… Læs mere…

O Ministério da Segurança adverte contra máscaras feitas em casa

12/05/2020
Uma boa parte das pessoas privatas começaram a costurar ou tricotar máscaras. Mas máscaras tricotadas e costuradas em casa dão […] Læs mere… Læs mere…

A segunda fase de reabertura começa agora

07/05/2020
Resumo da coletiva de imprensa no dia 7 de maio com a Primeira ministra Mette Frederiksen A população dinamarquesa seguiu […] Læs mere… Læs mere…

Agora grupos de risco específicos poderão tomar vacina pneumocócica

04/05/2020
Pessoas, que correm alto risco em ficar gravemente doente pela contaminação de COVID-19, agora poderão recorrer ao seus médicos e […] Læs mere… Læs mere…

Resumo da coletiva de imprensa com o ministro e autoridades da Saúde, dia 20 de abril de 2020

20/04/2020
Nós estamos na primeira fase de reabertura da nossa sociedade. Isso só é possível porque, nós na Dinamarca obtivemos controle […] Læs mere… Læs mere…

Støt minoriteten

Vær med til at skabe flere handlemuligheder for
minoritetsetniske danskere. Tak fordi du vil være med!



Hvert eneste medlemskab og donation styrker Mino Danmarks legitimitet og eksistensberettigelse.

Det gør en forskel og styrker foreningens muligheder for at lykkes med at skabe et lige samfund, uanset etnisk baggrund.

Hvert eneste medlemskab og donation styrker Mino Danmarks legitimitet og eksistensberettigelse.

Det gør en forskel og styrker foreningens muligheder for at lykkes med at skabe et lige samfund, uanset etnisk baggrund.